quarta-feira, 5 de março de 2008

Odeio mudanças, ODEIO.

Enfim, eu estou de mudança MAIS UMA VEZ novamente para outra cidade, meu sobrenome deveria ser Cigana e não Porpino mas continuando... Todo e qualquer minuto do meu dia tá distribuído para: Encaixotar, encaixotar e encaixotar. Tá, eu estudo pela manhã, tenho um pequeno intervalo de vadiagem intensa a tarde (leia: jogar alguma coisa), ler e estudar um pouco. Além de tudo tenho inglês toda sexta-feira e... pera, não preciso falar toda programação da minha semana pra vocês.
'Tô me sentindo o próprio Andy de Toy Story neste momento. Mudanças significam caos, principalmente quando você tem o triplo de livros que você tinha... há alguns meses atrás. Sim, morro de ciúmes dos meus livros e após revestir a caixa com plástico bolha, embalar um a um em sacos plásticos, cobrir com papel seda e lacrar a caixa eu ainda estou pensando em mais algumas medidas de segurança como um scaneador de fibra óptica (?) e um leitor de impressões digitais.
Sim, estou estressada. Sou estressada e mudanças acabam comigo, principalmente quando são constantes. Ô PAI! ARRANJA UM LUGAR FIXO VÉI.

Nick da pessoa aqui diz:
vai se mudar? \o\
Bee ODEIA mudanças - colocando livros, roupas, revistas e móveis em caixas. diz:
não, rrerere. tô encaixotando tudo porque é legal :)




Olha o sapo ali rerererererererre!!!11


Uma pérola, quase um diamante. Se eu não morrer no meio da estrada e o caminhão da mudança não extraviar meus livros eu vou tá aqui, na ativa (heh).